​NÓS SOMOS A ACEAPP

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ECOLÓGICA DOS ARTESÃOS EM PRATA DE PIRENÓPOLIS

aceapppng.png
 

Criada em 2012, a Associação Cultural e Ecológica dos Artesãos em Prata de Pirenópolis tem como missão organizar a categoria para lutar pelo continuidade e reconhecimento do valor da arte joalheira feita a mão por nossos ourives, para conquista de novos mercados e pela preservação da cultura e meio ambiente de Pirenópolis.
Conseguimos conquistar o selo de IG de Procedência para as joias de Pirenópolis em 2019 e a implantação em 2021 do curso de ourivesaria na cidade pela Universidade Estadual de Goiás-Unidade de Pirenópolis.
A ACEAPP conta atualmente com vinte e seis artesãos joalheiros associados e deve crescer com a adesão dos demais ourives no processo de registro para a obtenção do credenciamento para o uso da IG.

Ricardo Bernardo_CROP

Ricardo Bernardo_CROP

ropb2

ropb2

tatupb

tatupb

marisa_chiquita2

marisa_chiquita2

Damian

Damian

nivaldopb

nivaldopb

gilmar

gilmar

 
ANTONIO HONÓRIO DE MELO (TOIN)
Screen Shot 2020-10-21 at 12.07.22.png

Em 1990, comecei a trabalhar em alguns atelies da cidade lavando peças, manutenção das ferramentas e limpeza do local. Só depois iniciei o processo de solda e criação das jóias. Com o tempo consegui montar uma oficina e desde então venho aperfeiçoando minha técnica com atenção especial aos detalhes tanto no designer quanto na qualidade das gemas, procurando sempre incluir minha personalidade ao trabalho.

Como também realizo a venda nas feiras, congressos e eventos na cidade, tenho a oportunidade de explicar o processo de criação das jóias diretamente aos clientes.

https://www.instagram.com/p/CBTtUO4FFmw/?igshid=s5tiuj7s4eob

 
Screen Shot 2020-10-21 at 12.08.17.png
RICARDO BERNARDO

Ourives de Pirenópolis, desde 1988 trabalha criando joias em prata. Possui atelier próprio e o divide com filhos e irmão. O  trabalho deles se destaca pelo acabamento perfeito em estilo  liso, desenho sóbrio privilegiando gemas de qualidade e de belas cores.

 


WhatSapp 62 9237-2596

https://www.instagram.com/ricardo.bernardo70/

 
baixamarioDSC_5557-2trat.jpg
ATElIER FILIGRANA

Filigrana deriva do latim filum que significa fios; e granus que quer dizer grão, um trabalho de ourivesaria milenar feito manualmente parte por parte enrolando dois finíssimos fios entre si. Na linda e tradicional cidade de Pirenópolis GO, o jovem casal Amazona Fernandez e Márcio Barbosa vem preservando esta técnica através de modelos tradicionais e designe modernos e exclusivos utilizando ouro, prata (reciclável)e pedras naturais. Ambos aprenderam desde jovens, Márcio com o seu professor Pel na técnica rococó e mais tarde se  aperfeiçoou com a esposa na filigrana. Amazona desde criança já observava o Pai Royer Fernandez a trabalhar nas suas criações que por sua vez aprendeu com o Tio. E assim a tradição continua passando de geração a geração...

https://www.instagram.com/ateliedafiligrana/

 
baixabraceletefollha.jpg
CASA DE MARISA

Amigas desde 1995 e amantes de cerâmica e joias em prata, as artesãs Marisa Pacheco e Eva Rodrigues (Chiquita) iniciaram parceria em 2005 e em 2015 criaram a M&E para juntas, e associadas aos artesãos joalheiros da cidade, produzir e comercializar joias contemporâneas em prata e cerâmica e objetos utilitários e de decoração. Formas livres e orgânicas distinguem o trabalho da dupla.

casademarisa.com

 
lianeDSC_5534.jpg
LIANE CAMPOS

Depois de viver, em Brasília, onde cresceu, se formou em Arquitetura e Urbanismo, pela UnB, e trabalhou, por 22 anos; em 2007, mudou-se para Pirenópolis, atraída pela beleza histórica da  Cidade, onde entrou em contato com a arte da ourivesaria, que  admirava como consumidora.

Na cidade histórica, do cilclo do ouro, onde habitam centenas de artesãos ourives, Liane se encantou por essa arte e, em 2014, trouxe de Florença as ferramentas para a montagem de seu ateliê, onde passou a produzir peças cheias de personalidade.

As peças são feitas em ouro 18K e prata 950, acompanhadas ou não de pedras preciosas. 

Por serem peças artesanais, feitas a mão, uma a uma, suas criações recebem Registro na Biblioteca Nacional, junto às obras de arte.

Liane cria joias a partir de sua inspiração, pesquisas e também sob encomenda, para celebração de ocasiões especiais.

https://instagram.com/liane_campos_joalheira

 
DSC_5316.jpg
PAULO HENRIQUE

Trabalhando com prata desde 1995,  domina as  técnicas praticadas em Pirenópolis. Usa gemas e estilo liso em suas joias. Reproduz em prata ícones da arquitetura e da paisagem brasileira.

https://instagram.com/phjoias

 
rotrat.jpg
RÔ REGIS

Designer, Desde 1975 em sua oficina trabalha com joias conceituais e a diversidade de suas referências resultam em peças originais, privilegiando a prata. 

https://www.joiasemprata.com/

roneDSC_5432t.jpg
RONE MENDES DE MORAES

Por volta dos 13 anos conheci a arte da joalheria por meio de meus irmãos mais velhos que já tinham aprendido o ofício com artesãos da Cooperativa Terra Nostra e com outros profissionais de joalheria que aqui se estabeleceram nos anos oitenta. A partir desta época outros jovens como eu passaram a ter a ourivesaria como profissão e hoje somos muitos a viver da criação de joias em prata na cidade. Lembro que quando pela primeira vez sentei em uma  bancada de ourives e  consegui fazer minha primeira peça me encontrei nesta profissão. Foi uma paixão que com o passar dos anos foi só crescendo e  formei minha primeira oficina em 1992, onde passei a ensinar a jovens sem outra opção de trabalho a serem artesãos de joias em prata. Agora, com mais de três décadas de lutas e vitórias, me sinto orgulhoso de também ter contribuido para que pelo menos alguns deles se tornassem joalheiros como eu. Atualmente gosto de criar joias com pedras naturais de qualidade não lapidadas. São peças rústicas e fortes que agradam muito aos meus clientes.  Também faço parte da associação de joalheiros – ACEAPP como atual presidente e luto pela  criação do curso ourivesaria artesanal na cidade para dar continuidade a esta arte que já é tradicional no município.

https://instagram.com/ronejoias

 
hadamesDSC_5372t.jpg
RADAMÉS LUIS DE SOUZA

Domina e trabalha com várias técnicas, porém tem preferência por joias limpas que realcem a beleza das gemas. E se realiza com o resultado de seu trabalho. 

WhatSapp 62-992013956

 
Screen Shot 2020-10-21 at 12.08.51.png
WHALISTENE DA ROCHA OLIVEIRA (TENIN)

Conhecido como Tenin, 39 anos, de Pirenópolis (GO), ourives há 9 anos. Suas joias vão do liso ao rococó com preferência às pedras ametista e quartzo verde. Passou 14 anos em Brasília, mas voltou há 9 anos para interior goiano em busca de melhor qualidade de vida e inspiração para produzir peças autorais. “Eu queria ser autônomo, minha vontade sempre foi morar no campo com o meu ateliê. Enquanto houver ar nos meus pulmões, quero continuar trabalhando prata”.

WhatSapp 62- 996138028

 
MARCO HONÓRIO DA SILVA
 
marcohonorioDSC_5527.jpg

Desenvolve vários estilos ao criar suas peças e tem predileção em fazer pequenas e mimosas joias com cravações delicadas e acabamento perfeito. 

WhatSapp  62-996295534

ELCIO DA COSTA GONÇALVES
 
elcioDSC_5294.jpg

Cria joias arrojadas, combinando gemas de rara beleza e múltiplas cores. Seu desenho é refinado e o acabamento valoriza seu trabalho.

WhatSapp 62-99167550

MARIA DELMA MELO
maiadelma_printscreen.png

Cria joias arrojadas, combinando gemas de rara beleza e múltiplas cores. Seu desenho é refinado e o acabamento valoriza seu trabalho.

https://instagram.com/pitorescojoias

 
DAMIAN
 
IMG_7473.jpg

Damián, 40 anos em Pirenopolis participou da criação do Atelier Terra Nostra, trabalhando prata com técnicas variadas e um designer contemporâneo muito criativo usando pedras legítimas.

WhatSapp 62- 996075825

DIEGO JAVIER SARACHO - MAGIA DA PRATA
diegoindio.png

Uruguaio, ourives radicado em Pirenópolis , vem de uma família de artesãos e pescadores de Punta Del Este. Encontrou no rural goiano um refúgio para suas criações. Seu estilo tem influência étnica dos povos indígenas da América como os inca, apache, asteca, guarani e mapuche. Suas joias têm precisão manual e remetem à liberdade, persistência e vida natural. “Gosto da prataria nativa, dos desenhos e seus significados e do estilo livre de vida deles. É como o meu trabalho que me proporciona viver em liberdade, e em contato com a natureza, na minha própria casa”.

https://www.instagram.com/magiadaprata/

 
 
GILMAR FRANCISCO DE OLIVEIRA
gilmar:Deuselino.jpg

Possui garimpo regular em suas terras em Campos Verdes - GO  de onde extrai esmeraldas. É lapidador e comerciante de pedras e joias. Em parceria com ourives de Pirenópolis produz joias usando pedras e fios de prata.

 


WhatSapp 62 9957-7586

NIVALDO QUIRINO DA FONSECA
nivaldo6.jpg

Começou a trabalhar com joias em prata em 1992.  Cria anéis, brincos e alianças no estilo conhecido como indiano e vende suas joias na Feira do Coreto em Pirenópolis. Trabalho delicado que exige muita paciência para uma confecção perfeita.
 

https://instagram.com/nivaldo.joias

 
 
SYLVIA ISAACS E EDMILSON VASCONCELOS
silviaconjunto.jpg

Nossas jóias exclusivas são concebidas segundo os princípios de qualidade, inovação e personalização do design. Há mais de 30 anos trabalhamos com a transformação de matérias nobres, como ouro, prata, pedras preciosas e semi-preciosas, em uma criteriosa produção artesanal, que mantem viva a tradição joalheira. Nosso frequente contato com a natureza e a observação de suas infinitas formas, é nossa grande inspiração. Esse trabalho com a terra, nos traz a tranquilidade para realizar nosso ofício com paciência e amor. 

 


WhatSapp 62 9355-9519

https://www.instagram.com/hechoamano.joias/

RICARDO FONSECA E WANDERLENE ALEXANDRIA
indiano_wixDSC_5518.jpg

Ricardo é artesão há mais de de 30 anos e  trabalha em parceria com Wanderlene, sua esposa.

"As pessoas me perguntam como vc faz essas bolinhas? Tem alguma máquina? Quando respondo que são feita tudo a mão, bolinha por bolinha, soldadas uma por uma, elas ficam impressionadas por ser uma peça bem delicada, pois esse trabalho exige concentração e paciência. Mas faço com muito amor e carinho."

https://www.instagram.com/ricardoewanderlenejoiasemprata

 
DEUSELINO ANTONIO DA SILVA
gilmar_deuselino.jpg

Ourives pirenopolino que domina todos os estilos e técnicas de joias identificadas como próprias de nossa cidade. Sua mão de obra é requisitada por vários joalheiros  que valorizam seu trabalho cuidadoso e de excelente acabamento.

 


WhatSapp 62 9355-9519

 
JANDIR GERALDO ARRUDA (PEL)
Pel_fundolimpo.jpg

Conhecido como Pel, ourives há 32 anos. Paciente, explica que a arte da filigrana lhe consumia uma semana inteira para produzir 120 metros de fios torcidos artesanalmente para a confecção de joias. Aprendeu a trabalhar prata com os mais antigos, que eram autodidatas, e se aperfeiçoou na mistura da filigrana com o rococó, dando origem ao que os demais chamam de “filigrana Pel”. “Particularmente, gosto do estilo indiano, e acredito que a tendência dos ourives é modificar a arte conhecida até criar identidade própria, personalizando a peça”.

https://instagram.com/joiasarruda

 
LUIS TRIERS
POST MEDALHÃO ROSÁRIO (1).png

Desde pequeno via seus primos trabalhando prata em sua cidade natal, Pirenópolis.
Ao crescer, estreitou sua relação com a história colonial da cidade e suas belezas naturais, que são suas principais fontes de inspiração. Possui estilo contemporâneo, com referência na arquitetura colonial e nas belezas naturais do Cerrado. “Tento criar algo mais singular com a identidade de onde moro, me inspiro na arquitetura de Pirenópolis, na fauna e na flora do Cerrado e nos esportes de aventura”.

https://instagram.com/galeriacolonialjoalheria

 
CARLOS RONALD TATU
 
tatu1.jpg

Conhecido como Tatú, este ourives é um dos mestres pioneiros nesta arte em Pirenópolis. Aqui chegou nos idos de 1980 e formou em seu atelier muitos aprendizes. Tem paixão por criar suas joias especiais em pedra bruta e as vende principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro.

 


WhatSapp  62 9126-3634

 
SELO_CORTADO_edited.png